Última hora

Última hora

Crise anunciada entre os Estados Unidos e Israel

Em leitura:

Crise anunciada entre os Estados Unidos e Israel

Tamanho do texto Aa Aa

Terça-feira, o vice-presidente americano Joe Biden fez esperar o anfitrião 90 minutos. O primeiro- ministro israelita Benjamin Netanyahu, com quem jantou, ficou assim a saber que Biden não estava contente com o anúncio de novas construções dos judeus num bairro de Jerusalém Leste.

Os israelitas tentaram minimizar a indelicadeza, dizendo que tinho sido uma infeliz coincidência… mas em vez os acalmar o incidente revelou -se mais grave ainda alguns dias depois.

Sexta-feira foi a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, que elevou o tom das críticas:

“Foi insultuoso. E foi insultuoso não apenas para o vice-presidente, que decididamente não o merecia. Havia ali uma clara mensagem de compromisso com o processo de paz, solidariedade com o povo israelita. Mas foi um insulto para os Estados Unidos”.

Mas quando Clinton pediu uma resposta formal ao governo israelita sobre a construção dos 1600 fogos em Jerusalém, eis a resposta de Netanyahu:

“Apesar das diferentes opiniões no Parlamento
quanto a uma solução para um estatuto permanente, com fronteiras permanentes, há um quase total acordo que, seja qual for a solução adoptada, essas zonas vizinhas serão sempre parte de Israel”.

Assim, Israel vai continuar a construir blocos de residências em Jerusalém-Leste , mas não se prevêm graves consequências nas relações bilaterais, explica o analista Herman Matthijis:

“Decerto Hillary Clintone e Benjamin Netanyahu vão tratar do assunto ao mais alto nível. Mas se os Estados Unidos tivessem realmente a intenção de parar as construções dos colonatos então Washington tinha de adoptar medidas mais importantes contra Israel, e não é o caso. “

Nada a temer do Médio Oriente: a crise entre os dois aliados é apenas simbólica pois as ligações estratégicas são demasiado fortes. Mesmo se no passado os americanos conseguiram impôr a Isrel a retirada da península do Sinai….