Última hora

Última hora

Alemanha: Fim de polémica sobre bombardeamento de Dresden

Em leitura:

Alemanha: Fim de polémica sobre bombardeamento de Dresden

Tamanho do texto Aa Aa

O bombardeamento aliado à cidade alemã de Dresden, na Segunda Guerra Mundial, fez até 25 mil mortos.

A conclusão é de uma comissão de historiadores e acaba com uma longa polémica sobre o número de vítimas, que oscilava entre 20 mil e meio milhão.

O presidente da comissão, Rolf-Dieter Mueller, fala em “18 mil vítimas, mas admite que se possa ter chegado às 25 mil”.

Um número muito abaixo do meio milhão avançado por grupos de extrema-direita, que falavam em “crime de guerra”. Para eles, o bombardeamento não fez sentido porque a Alemanha estava praticamente derrotada e os alvos foram civis.

Durante cinco anos, os historiadores quiseram saber quantas pessoas morreram entre 13 e 15 de Fevereiro de 1945.

A equipa baseou-se em arquivos de cemitérios, tribunais e em testemunhos.