Última hora

Última hora

CITES rejeita moratória sobre atum vermelho

Em leitura:

CITES rejeita moratória sobre atum vermelho

Tamanho do texto Aa Aa

O atum vermelho vai continuar a ser comercializado. Acabou por ser rejeitada a proposta do Mónaco, que queria incluir o atum vermelho do Atlântico e do Mediterrâneo na lista da ONU das espécies ameaçadas de extinção.

Nos últimos 40 anos, as reservas do atum rabilho baixaram 80% e os peritos garantem que corre risco de extinção.

O assunto foi debatido na Convenção Internacional para o Comércio de Espécies Selvagens Ameaçadas (CITES), que decorre em Doha, e a maioria dos participantes votou contra a moratória sobre o comércio, seguindo a posição do Japão, o principal consumidor mundial de atum vermelho.

Os defensores da espécie não perderam a esperança. Em Novembro, na reunião da Comissão Internacional para a Conservação de Tunídeos do Atlântico (ICCAT), será abordada a eventual suspensão da pesca do atum vermelho apreciado, sobretudo, em sushi e sashimi.