Última hora

Última hora

Desculpas do Cardeal Brady não convencem vítimas

Em leitura:

Desculpas do Cardeal Brady não convencem vítimas

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do pedido de desculpas do Cardeal irlandês Sean Brady as reacções não se fizeram esperar.

Se, para as vítimas, retratar-se depois de ter protegido um padre pedófilo não chega, para os paroquianos a situação é diferente.

O Cardeal Brady está a ser pressionado pelas vítimas de abusos sexuais para se demitir por não ter alertado a polícia sobre um padre pedófilo.

Mas alguns dos que pertencem à sua paróquia não são da mesma opinião.

Um habitante de Armagh, na Irlanda do Norte explica que está muito comovido porque o Cardeal Brady é um homem amoroso. Afirma que não lhe compete julgá-lo. Acrescenta que é triste a situação em que a Igreja Católica se encontra e que espera que consiga redimir-se. Remata dizendo que vai ser um processo muito doloroso.

Uma senhora diz que o Cardeal Brady é um bom homem. À pergunta sobre se pensa que ele está a reconsiderar a sua posição, como as vítimas exigem, ela responde: “Claro que sim. O que ele precisa agora é das nossas orações.”

Os casos de pedofilia na Igreja Católica estendem-se a vários países.

Enquanto o Papa se prepara para endereçar uma carta pastoral aos católicos irlandeses, a Alemanha está a ponderar a criação de um fundo para indemnizar as vítimas.