Última hora

Última hora

Medvedev acusa países do Árctico de prejudicarem a Rússia

Em leitura:

Medvedev acusa países do Árctico de prejudicarem a Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente russo considera “inadmissíveis” as tentativas de outros países de restringir o acesso da Rússia à exploração de jazidas minerais no Árctico.

Numa reunião do Conselho de Segurança da Rússia, sobre as ameaças provenientes do aquecimento global Dmitri Medvedev passou ao ataque. O chefe de estado russo afirma que tem-se assistido a tentativas para limitar o acesso da Rússia à exploração e desenvolvimento das jazidas no Árctico. Acrescenta que “Isso é absolutamente inadmissível no plano legal e injusto tendo em consideração a nossa localização geográfica e a história.”

Rússia, Estados Unidos, Canadá, Dinamarca e Noruega procuram impor-se na região. O Árctico encerra importantes reservas de petróleo, gás e o degelo abre perspectivas sobre uma nova rota marítima comercial que potencia as ligações a países como a China.

Em Abril realiza-se em Moscovo a conferência “Árctico, Território do Diálogo”. Os países da região e os povos aborígenes do Árctico sentam-se à mesma mesa para debater a questão.