Última hora

Última hora

EUA: reforma da saúde pode ser votada no domingo

Em leitura:

EUA: reforma da saúde pode ser votada no domingo

Tamanho do texto Aa Aa

A maioria democrata acredita poder submeter a emblemática reforma da saúde dos Estados Unidos a um voto final no Congresso, já no próximo domingo.

Os números publicados pelo organismo independente que faz as análises orçamentais do Congresso são favoráveis ao grande promotor da reforma; Barack Obama espera conquistar a mais simbólica vitória política desde a chegada à Casa Branca.

O presidente norte-americano sublinhou que “o novo estudo do Gabinete Orçamental do Congresso confirma que a reforma pretendida trará uma redução do défice de 1,3 biliões de dólares durante as próximas duas décadas. Isso significa que esta legislação representa o mais significativo esforço de redução do défice desde […] os anos 90”.

Até agora apoiados no suposto custo elevado da reforma, os republicanos das duas câmaras do Congresso procuram uma nova estratégia de oposição.

A importância da reforma é frisada pela decisão de Obama em adiar novamente, para Junho, a viagem à Ásia. Talvez uma desilusão para os alunos da escola indonésia que se preparavam já para receber o presidente norte-americano que ali estudou na infância.