Última hora

Última hora

Obama adia visita à Indonésia

Em leitura:

Obama adia visita à Indonésia

Tamanho do texto Aa Aa

A saúde dos americanos e o futuro político do presidente dos Estados Unidos jogam-se a partir de domingo.
 
A câmara dos representantes vota a reforma do sistema de saúde elaborada pelo senado, depois de o Gabinete Orçamental do Congresso ter dado um parecer positivo aos custos da última versão do projecto.
 
O Gabinete considerou que o plano vai custar 790 mil milhões de euros em 10 anos mas reduzir o défice em 100 mil milhões no mesmo período.
 
Entre outros aspectos, a reforma oferece cobertura médica a pelo menos 31 milhões de americanos sem seguro.
 
Para ser aprovado, o texto tem que receber 216 votos positivos dos 435 possíveis.
 
Face à importância política da votação, Barack Obama adiou, pela segunda vez, uma visita oficial à Indonésia e à Austrália.
 
“Decidimos adiar esta viagem por apenas uma razão e é pelo facto da prioridade doméstica mais importante ser votada no domingo ou no início da semana. Eu tenho que estar aqui”, disse o presidente norte-americano.
 
A visita foi adiada para Junho.
 
Caso seja chumbada, a reforma da saúde, um dos cavalos de batalha do presidente, Obama pode ficar com pouca margem de manobra política para avançar com outras grandes medidas no resto do mandato.
 
Em jogo está também a popularidade do Presidente e dos democratas antes das eleições para o Congresso em Novembro.