Última hora

Última hora

Salão da joalharia em Basileia atrai 90.000 visitantes

Em leitura:

Salão da joalharia em Basileia atrai 90.000 visitantes

Tamanho do texto Aa Aa

O luxo está à vista no salão da joalharia, que abriu agora em Basileia, na Suíça.

Se muitos vêm aqui apenas para regalar a vista, há também quem esteja disposto a deixar aqui alguns milhões. Esperam-se 90.000 visitantes.

O salão junta mais de 200 empresas do sector dos diamantes. Também os fabricantes de relógios estão em força no Baselworld, ou não estivéssemos na Suíça, pátria da relojoaria.

Diz Jean-Daniel Pasche, presidente da Federação Suíça de Relojoeiros: “2009 foi um ano difícil para muitas marcas e fornecedores. Mas no fim do ano vimos já uma melhoria nos números das exportações”.

Apesar da crise, a procura de relógios nos 10 principais mercados do mundo esteve a subir cerca de um quarto, no ano passado, sendo que a China foi o grande motor, que originou mais de metade desta procura.

Outra boa notícia para os fabricantes de relógios é a queda na contrafacção. A procura de relógios contrafeitos baixou 22% nos Estados Unidos.

Finalmente, uma novidade para o sector é a força das redes sociais na Internet, como o Facebook, que em 2009 se tornou no principal ponto de encontro dos amantes de relógios de todo o mundo.