Última hora

Última hora

Trichet e Barnier querem mais regulação

Em leitura:

Trichet e Barnier querem mais regulação

Tamanho do texto Aa Aa

Os instrumentos financeiros têm que ser usados de forma consciente – foi a mensagem que deixou em Bruxelas o presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, que apelou a uma maior regulação dos fundos especulativos e contra o mau uso de certos instrumentos, como o CDS (Credit Default Swap).

“Quero realçar que certos instrumentos financeiros foram introduzidos para terem efeitos positivos, nomeadamente no que toca à redução de riscos, e não devem ser mal usados. Partilho o consenso, a nível global, de que os reguladores devem ser equipados com as ferramentas adequadas, para poderem investigar e agir de uma forma eficiente e coordenada”, disse o homem-forte do BCE.

Para o comissário europeu para o Mercado Interno, Michel Barnier, prevenção é a palavra-chave:

“As instituições financeiras devem contribuir para um fundo de resolução. Trata-se de uma lógica de prevenção e é também uma questão moral”.

A Comissão Europeia está a estudar a possibilidade de fazer os bancos criar um fundo de emergência, que possa intervir assim que um banco estiver perto da bancarrota, evitando uma espiral que degenere numa nova crise em larga escala.

O comissário Barnier é o principal promotor desta iniciativa, mas pode contar com a oposição de alguns Estados, nomeadamente a Grã-Bretanha.