Última hora

Última hora

França acusa bombeiros catalães de pertencerem à ETA

Em leitura:

França acusa bombeiros catalães de pertencerem à ETA

Tamanho do texto Aa Aa

Está lançada a polémica entre Espanha e França.

O governo da Catalunha garante que os cinco homens que aparecem no vídeo de uma câmara de vigilância de um hipermercado no norte de França não são etarras.

O executivo, que já falou com as autoridades francesas, garante tratarem-se de bombeiros catalães que se deslocaram ao país para umas férias na montanha.

Esta sexta-feira a polícia francesa lançou a caça ao homem. As autoridades afirmavam, que os homens que aparecem no vídeo pertencem à ETA e estão envolvidos na morte de um agente gaulês na passada terça-feira.

Jean Serge Nérin, de 52 anos, foi baleado, e morreu, na sequência de um tiroteio que ocorreu pouco depois de um alegado comando da ETA ter assaltado um concessionário de automóveis. O grupo fugiu com veículos de alta cilindrada e foi o excesso de velocidade que alertou as autoridades.

Quando a polícia tentava imobilizar os suspeitos, perto de Paris, foi atacada por outros elementos do grupo Nérin foi alvejado no tórax.

A morte deste polícia provocou uma onda de consternação em França e Espanha.

Nicolas Sarkozy promete uma mobilização total e impiedosa das forças de segurança nacionais contra a ETA.