Última hora

Última hora

Greve: British Airways cancela mais de metade dos voos

Em leitura:

Greve: British Airways cancela mais de metade dos voos

Tamanho do texto Aa Aa

É a primeira paralisação em treze anos e os efeitos já estão a perturbar o tráfego aéreo europeu.

A British Airways cancelou 1100 dos quase 2000 voos previstos até à meia-noite de segunda-feira.

Das 18 ligações entre Lisboa e Londres nos próximos três dias, apenas foi assegurada uma esta manhã. Também estão perturbadas as ligações com Faro.

Um cenário que se repete noutros aeroportos, como em Atenas. Um passageiro explica que o seu voo “estava marcado para as nove, mas foi adiado para a uma e meia da tarde.”

12 mil tripulantes de cabina estão em greve. Um protesto contra a política de redução de custos e supressão de postos de trabalho na British Airways.

“O pessoal de cabina tem sido criticado, mas tem o direito de entrar em greve”, diz uma funcionária. “A atmosfera no trabalho, com o pretexto de que vem de ordens superiores, é intimidante”, sublinha outro trabalhador.

A companhia afirma ter mil voluntários para assegurar os voos nos dias da paralisação e transportar 65% dos passageiros.

Mas o sindicato Unite não baixa os braços. Está prevista outra greve de quatro dias, a partir de 27 de Março. Os analistas acreditam que cada dia de greve possa custar à companhia britânica 27,5 milhões de euros.