Última hora

Última hora

Ban Ki Moon exige fim da violência entre Israel e Palestina

Em leitura:

Ban Ki Moon exige fim da violência entre Israel e Palestina

Tamanho do texto Aa Aa

Sobe para dois o número de mortos nos confrontos, de ontem, entre palestinianos e a polícia israelita. O jovem ferido gravemente acabou por falecer.

A tensão na região continua. Este sábado dezenas de colonos judeus manifestaram-se em Israel. Gritavam palavras de ordem e empunhavam cartazes contra Barack Obama.

Em Jerusalém, manifestantes palestinianos queimaram pneus e voltaram a atirar pedras contra os militares israelitas, que responderam, alegadamente, com balas de borracha e gás lacrimogéneo. Foi aqui que dois jovens perderam a vida.

Este domingo o enviado dos Estados Unidos para o Médio Oriente chega ao terreno. George Mitchell vai reunir-se com o primeiro-ministro de Israel e com o presidente palestino.

Mas o secretário-geral da ONU já está na região. Este sábado encontrou-se com o Presidente de Israel e voltou a frisar que a construção de colonatos na Cisjordânia é ilegal.

Em conferência de imprensa, Ban Ki Moon pediu tréguas no terreno para abrir caminho à via diplomática. E acrescentou que é obrigatório acabar de imediato com a violência para acalmar a situação e proteger as populações.

O Secretário-geral da ONU está empenhado em reavivar o processo de paz. Para isso encontrou-se também com o Primeiro-ministro palestiniano, Salam Fayyad, perto dos colonatos israelitas.