Última hora

Última hora

Obama confiante na aprovação da reforma da saúde

Em leitura:

Obama confiante na aprovação da reforma da saúde

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama saiu da reunião com os congressistas democratas, no Capitólio, com a esperança de ver passar a histórica reforma do sistema de saúde americano. Este entusiasmo não se estende ao partido de Obama que não está certo da aplicação da nova reforma.

Dos 216 votos necessários para a aprovação, o Presidente debruçou-se sobre os 39 democratas, que em Novembro ficaram ao lado da oposição.

Barack Obama apelou à consciência dos Democratas e Republicanos, na votação deste domingo.

Nas palavras que proferiu no final do encontro, disse que está em causa aceitar ou não um sistema que beneficia mais as seguradoras do que os americanos. E apelou aos congressistas da Câmara dos representantes para terem em conta o que seria melhor para o eleitorado que os dois lados representam.

Entre outros aspectos, a reforma apoiada pelo Presidente oferece cobertura a mais de 30 milhões de americanos sem seguro de saúde e prevê o alargamento da rede de cuidados de saúde a 95% da população americana.

Mas muitos consideram que as alterações vão aumentar o valor das apólices já existentes.

O momento é crucial para a manutenção do potencial político de Barack Obama. Esta foi uma das mais importantes propostas da campanha presidencial, e que há mais de um século procura aprovação.