Última hora

Última hora

Passageiros da British ficam em terra

Em leitura:

Passageiros da British ficam em terra

Tamanho do texto Aa Aa

Greve na British Airways obriga ao cancelamento de mais de metade dos voos.

1.100 dos 1.950 voos da transportadora aérea britânica deverão ser anulados nos três dias de greve do pessoal de cabina.

Os números da paralisação, que começou este sábado, dividem empresa e organizações sindicais.

O maior sindicato do Reino Unido, o Unite, anunciou que 80 por cento dos trabalhadores aderiram à greve. Segundo a companhia, em Heathrow, 50 por cento do pessoal de voo apresentou-se ao serviço.

Entre os passageiros as opiniões também não são consensuais. Um senhor afirma que esta greve é desnecessária e que só vai destruir a companhia.

Por seu lado uma passageira diz que as pessoas se estão a virar contra os trabalhadores da British mas que eles estão têm direito a fazer greve.

Os voos entre Portugal e o Reino Unido também estão a ser afectados. A grande maioria das ligações não se devem realizar.

Esta é a primeira greve na British Airways em 13 anos. A companhia espera transportar, no fim-de-semana, 49 mil passageiros dos cerca de 75 mil previstos.