Última hora

Última hora

Novas caras no governo francês após derrota da UMP nas regionais

Em leitura:

Novas caras no governo francês após derrota da UMP nas regionais

Tamanho do texto Aa Aa

Já começou o “jogo de cadeiras” no executivo francês, depois da derrota da maioria parlamentar nas eleições regionais de domingo.

Um dos primeiros nomes anunciados, foi o do novo ministro do Orçamento, François Baroin, actual vice-presidente da Câmara de Troyes pela UMP de Sarkozy.

Eric Woerth, que ocupava o cargo, passa para a pasta do Trabalho e dos Assuntos Sociais, o que significa a saída do actual titular Xavier Darcos.

O deputado da UMP Marc-Philippe Daubresse é nomeado ministro da Juventude e das Solidariedades Activas.

Os nomes foram avançados depois do presidente e do primeiro-ministro se reunirem para coordenar uma resposta aos fracos resultados eleitorais, que conferiram à esquerda 23 das 26 regiões francesas. A UMP passa a controlar apenas a Alsácia e duas regiões ultramarinas.

Mais do que uma remodelação, a líder do Partido Socialista – principal força da oposição – reclamou uma mudança de rumo nas políticas do governo.

Martine Aubry classificou os resultados eleitorais como uma prova de que os franceses “rejeitam a política” de Sarkozy e Fillon.