Última hora

Última hora

O triunfo político de Obama

Em leitura:

O triunfo político de Obama

Tamanho do texto Aa Aa

Um voto histórico para a América. Uma vitória fundamental para Barack Obama. A reforma da segurança social, aprovada pelo congresso, pôs fim a uma batalha dos democratas dos últimos cem anos.

O presidente norte-americano é hoje um homem satisfeito, mas também consciente das responsabilidades:

“O congresso norte-americano declarou, finalmente, que os trabalhadores da América, as famílias e as pequenas empresas merecem saber que, no nosso país, nenhuma doença ou acidente deve acabar com os sonhos dos que trabalharam uma vida inteira… Mas este dia não significa o fim do trabalho. O trabalho de revitalização da economia continua, o trabalho do incentivo ao sector privado e à criação de emprego continua, o trabalho para alcançar o sonho das famílias americanas continua. Caminhamos agora com uma confiança renovada e uma nova energia com esta vitória”, afirmou.

A reforma do sistema de segurança social foi a promessa principal da campanha eleitoral de Barack Obama, uma promessa arriscada, muitos antes dele falharam a sua concretização. Bill Clinton foi o último a tentá-la e perdeu a maioria no congresso após o fracassodesta reforma.

Obama tem agora seis meses para pôr o sistema a mostrar resultados aos beneficiários. Destes resultados pode depender a vitória nas eleições para o congresso em Novembro.

Várias centenas de pessoas manifestaram-se frente ao Capitólio durante o fim-de-semana contestando a aprovação da lei.

Foi uma batalha política dura que obrigou a concessões. Obama só conseguiu garantir a vitória após o compromisso sobre algumas emendas ao texto, entre as quais a promessa de que o serviço público de saúde não pagará abortos.