Última hora

Última hora

Bruxelas apresenta plano para renegociar acordo Swift

Em leitura:

Bruxelas apresenta plano para renegociar acordo Swift

Tamanho do texto Aa Aa

Como será feita a transferência dos dados bancários dos europeus para os Estados Unidos? A Comissão Europeia apresentou o plano de negociação, que prevê uma maior protecção da privacidade dos dados pessoais e a possibilidade dos cidadãos recorrerem à justiça.

O mandato de negociação terá de ser aprovado pelos Estados Membros e pelo Parlamento Europeu, mas Cecilia Malmström, comissária europeia dos Assuntos Internos, considera importante chegar a um acordo: “O terrorismo é uma ameaça importante para a União Europeia e devemos usar todos os meios necessários para o combater. O programa para traçar o financiamento do terrorismo melhora a segurança. Temos provas que é útil não só para os Estados Unidos mas também para a União Europeia para perseguir e capturar suspeitos de terrorismo”.

A 11 de Fevereiro, o Parlamento Europeu rejeitou o acordo Swift que tinha sido negociado meses antes, por considerar que não protegia a privacidade dos cidadãos.

O eurodeputado liberal, Alexander Alvaro, explica que é “inaceitável transmitir todos os dados de um país se apenas se procura uma pessoa. Pedimos que sejam mais específicos sobre questões de protecção de dados pessoais e protecção jurídica”.

Os eurodeputados conseguiram impor a sua visão e ver-se incluídos nas negociações, que Bruxelas quer ter concluídas em meados deste ano.