Última hora

Última hora

China: Rio Tinto aguarda veredicto

Em leitura:

China: Rio Tinto aguarda veredicto

Tamanho do texto Aa Aa

Foi concluído em Xangai o processo por corrupção e espionagem industrial de quatro trabalhadores do grupo anglo-australiano Rio Tinto, um julgamento que afecta as relações entre a Pequim e Camberra.

Entre os acusados está o director da filial chinesa do gigante da indústria mineira, Stern Hu, de nacionalidade australiana.

Camberra criticou a proibição do acesso do seu representante ao julgamento, nomeadamente no momento da análise das acusações de roubo de segredos comerciais. Algo “lamentável”, como explica o chefe da diplomacia australiana, que transmitiu “esse ponto às autoridades chinesas”. Stephen Smith recusou-se, no entanto, a comentar o processo antes de conhecer o veredicto, o que poderá demorar vários dias.

Em Pequim para um Fórum Económico no qual cruzou o presidente chinês, o patrão do grupo Rio Tinto, Tom Albanese, disse “esperar respeitosamente o resultado do processo legal”, sem esconder “grande preocupação”.

A detenção em Julho dos trabalhadores da empresa mineira provocou inquietude nos investidores estrangeiros que trabalham por vezes em zonas da China pautadas por grande “ambiguidade” jurídica.