Última hora

Última hora

Passaportes falsos: Israel teme que outros países sigam exemplo de Londres

Em leitura:

Passaportes falsos: Israel teme que outros países sigam exemplo de Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Israel teme que outros países sigam o exemplo do Reino Unido no caso dos passaportes falsos usados no assassinato do fundador do braço militar do Hamas num hotel do Dubai.

Segundo a polícia do emirado, que acusa os serviços secretos israelitas, foram também usados documentos franceses, irlandeses, alemães e australianos.

Londres responsabilizou Israel pelo recurso a passaportes britânicos falsos e o chefe da diplomacia David Miliband decretou a expulsão de um diplomata israelita.

Segundo os media hebraicos, Telavive vai substituir rapidamente o elemento da embaixada israelita expulso do Reino Unido, que identificam como um agente da Mossad.

A França e a Austrália estão a investigar as circunstâncias do assassinato do dirigente do Hamas, Mahmoud al-Manhouh, em Janeiro.