Última hora

Última hora

Pedofilia provoca demissão de bispo

Em leitura:

Pedofilia provoca demissão de bispo

Tamanho do texto Aa Aa

Abusos sexuais de menores provocaram a demissão do bispo da diocese irlandesa de Cloyne.

John Magee pediu a resignação e o Papa aceitou-a de imediato.

O bispo é referido num relatório sobre abuso sexual de menores. Em dois casos, o John Magge é acusado de não ter tomado as medidas adequadas à protecção dos menores abusados.

Além disso, as iniciativas que adoptou vieram a revelar-se perigosas para as próprias crianças, diz o relatório.

O prelado, que conta agora 73 anos, foi secretario particular de três papas, Paulo VI, João Paulo I e João Paulo II.

O escândalo atingiu tais proporções que a 11 de Dezembro, o Papa viu-se obrigado a pedir desculpa, em nome da Igreja. Depois de um encontro com os cardeais irlandeses, considerando que o que se passou na Irlanda foi uma sucessão de “crimes abomináveis”.

O relatório que determinou a demissão do bispo Magee foi elaborado pela própria Igreja irlandesa.