Última hora

Última hora

Alemanha reticente em ajudar a Grécia

Em leitura:

Alemanha reticente em ajudar a Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

Será que a Europa deve ajudar a Grécia? A Alemanha é o país da União Europeia mais reticente e nas ruas de Berlim, as opiniões divergem.

Uma alemã afirma: “Por agora, diria que não”. Outro defende: “Não, penso que somos suficientemente fortes. Não penso isso. A Europa é grande e ajudaremos a Grécia a regressar ao bom caminho”.

A mês e meio de uma importante eleição regional, a chanceler alemã quer evitar tocar no dinheiro dos contribuintes. Esta manhã no Parlamento, Angela Merkel reiterou que “a Grécia não precisa de ajuda” e que vai exigir aos homólogos europeus um endurecimento das regras de disciplina orçamental.

Daniel Gros, do Centro europeu de Estudos políticos, diz: “Atenas enviou uma mensagem clara: ‘Não queremos fazer isto sozinhos. Os alemães responderam: Compreendemos. Não podemos dar o dinheiro, peçam ao mercado’”.

Apesar dos apelos à solidariedade, Berlim considera que “uma boa Europa não é aquela que oferece ajuda rapidamente. Uma boa Europa é aquela que respeita os tratados para preservar a estabilidade da zona euro”.