Última hora

Última hora

Governo tailandês aceita negociar com camisas vermelhas

Em leitura:

Governo tailandês aceita negociar com camisas vermelhas

Tamanho do texto Aa Aa

Estas são imagens que podem ficar para a história.

O chefe de Governo da Tailândia aceitou negociar com os camisas vermelhas depois de várias manifestações que deixaram o país a trabalhar a meio gás.

Mas a solução para a crise politica não se adivinha fácil.

Os apoiantes do antigo primeiro-ministro Thaksin Shinawatra exigem a convocação de eleições antecipadas e a saída do actual chefe de Governo.

Hoje, cerca de 10.000 camisas vermelhas concentraram-se junto à base militar de Banguecoque. Um local, que chefe de Governo exigiu que os manifestantes abandonassem como condição para se sentar à mesa das negociações.

Os analistas consideram que a dissolução do Parlamento é um cenário pouco provável, mas acreditam que o encontro poderá servir para evitar uma nova onda de violência no país.

A Tailândia está mergulhada numa crise desde 2006, altura em os militares afastaram do poder o então primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, actualmente no exílio.