Última hora

Última hora

Touradas dividem Espanha

Em leitura:

Touradas dividem Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

Tortura não é cultura. O grito soou esta tarde nas ruas de Madrid palco de uma manifestação anti-tourada.

O protesto surge depois do município madrileno ter declarado as corridas de touros como um “bem de interesse cultural.”

O anúncio feito no início do mês pela presidente da Comunidade de Madrid, Esperanza Aguirre, é considerada uma vergonha pelos manifestantes.

Este activista dos direitos dos animais diz estar aqui para apoiar os colegas contra aprovação das touradas como cultura.

Uma manifestante diz que não há argumentos para tanta crueldade.

O Parlamento da Catalunha tem também realizado uma série de debates que podem levar à proibição de qualquer das festas taurinas.

A expectativa dos activistas ambientais e dos que defendem as corridas chocam e os mais conservadores saem mesmo em defesa do evento argumentando que os que não gostam das corridas não são obrigados a ver, mas deve ser dada liberdade aos aficionados

Nunca a legitimidade das touradas, ou corridas de touro, ou “fiestas” foi tão discutida no país.

Afinal, trata-se de um evento que existe nos moldes actuais há cerca de 200 anos.