Última hora

Última hora

Regionais em Itália: projecções dão vantagem à oposição

Em leitura:

Regionais em Itália: projecções dão vantagem à oposição

Tamanho do texto Aa Aa

As primeiras projecções das eleições regionais em Itália dão vantagem à oposição de centro-esquerda. Uma má notícia para a coligação do primeiro-ministro italiano, num escrutínio visto como um teste para os dois anos de governo de Silvio Berlusconi.

Entre domingo e segunda-feira, foram a votos 13 das 20 regiões italianas. A coligação governamental consegue ainda assim guardar os dois bastiões do norte – a Lombardia e a região de Veneza – e conquistará à esquerda a Campania e a Calábria. As regiões de Turim e Roma aparecem ainda com futuro incerto.

A oposição de centro-esquerda reclamou vitória, ao ver-se apontada como vencedora nas restantes 7 regiões.

A votação fica marcada por uma abstenção recorde que, situando-se nos 65 por cento, constitui a mais fraca participação em eleições regionais dos últimos 15 anos, segundo o ministério do Interior.