Última hora

Última hora

Vudu e dólares para ajudar o Haiti

Em leitura:

Vudu e dólares para ajudar o Haiti

Tamanho do texto Aa Aa

É um acontecimento raro, em público, o que decorreu no Haiti: centenas de pessoas participaram numa cerimónia vudu em honra das vítimas do sismo.

O vudu perdeu o estatuto de religião oficial em 2003, mas continua a ser praticado por muitos haitianos.

Normalmente privadas, estas cerimónias servem para pedir que os espíritos dos mortos sejam purificados no oceano e possam assim avançar para a reincarnação.

No mundo dos vivos, prepara-se a conferência de doadores para o Haiti. Na quarta-feira, mais de cem países vão reunir-se, na sede da ONU, em Nova Iorque. Esperam recolher os mais de três mil milhões de dólares (2,23 mil milhões de euros) que o governo haitiano estima necessários no curto prazo, para a reconstrução.

Os danos, causados pelo sismo de 12 de Janeiro último, estão estimados em oito mil milhões de dólares (5,9 mil milhões de euros).

Duzentas e vinte mil pessoas morreram e um milhão e trezentas mil ficaram sem casa. Com a estação das chuvas a chegar, a situação de todos os que vivem precariamente nos campos de refugiados arrisca-se a piorar.