Última hora

Última hora

Liga do Norte reforçada

Em leitura:

Liga do Norte reforçada

Tamanho do texto Aa Aa

Xenófoba e populistas a Liga do Norte avança e reforça posição ao seio de um governo de direita.
 
A sua criação, há vintes anos, em Itália fazia sorrir, mas hoje inquieta. Trata-se de uma confederação de movimentos políticos autonomistas de centro-direita  que actua sobre tudo no norte do país onde conta com 261 freguesias.
  
Em 1996, a Liga do Norte propôs a separação das regiões do norte da Itália , que constituiriam a chamada Padânia.
 
Actualmente a Liga representa o projecto de um Estado federal e pretende, através do federalismo fiscal, a devolução às regiões de algumas das funções exercidas pelo Estado. O número dois partido, Roberto Maroni, é ministro do interior do governo de Berlusconi e a capacidade de influência é importante.
 
A Liga propõe aumentar o peso político das regiões do norte do país, considerado desproporcional ao seu peso demográfico e económico.
 
A criminalização da imigração ilegal sempre foi o grande objectivo político da Liga Norte, meta conseguida no segundo governo depois das eleições de 13, 14 de Abril de 2008  mas declarada inconstitucional pela Supremo Tribunal.