Última hora

Última hora

Moscovo de luto após duplo atentado suicida

Em leitura:

Moscovo de luto após duplo atentado suicida

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de habitantes de Moscovo começaram o dia a depositar flores e velas nas duas estações de metro visadas pelos atentados bombistas desta segunda-feira.

A capital russa cumpre hoje um dia de luto em memória dos moscovitas que perderam a vida nas estações de Lubianka e Park Kulturi. O número de mortos eleva-se a 39, depois de uma jovem ter sucumbido dos ferimentos no hospital. Dos mais de setenta feridos, cinco estão em estado grave.

À saída do Metro, uma moscovita explica que a viagem desta manhã foi “assustadora, tal como é agora assustador viajar de avião ou comboio, o que torna a vida muito deprimente. Por isso, o melhor é vencer os próprios medos e escapar a estes receios”.

A imprensa russa deplora o “fim das ilusões” sobre a segurança no país, depois do duplo atentado suicida em pleno centro de Moscovo, que constitui o mais mortífero ataque na capital desde Fevereiro de 2004.

As autoridades parecem privilegiar de momento a tese de que as duas mulheres que executaram os ataques estariam ligadas à insurgência no Cáucaso do Norte, mas a pista de uma origem estrangeira não foi excluída.