Última hora

Última hora

Toyota e Nissan preparam-se para o combate

Em leitura:

Toyota e Nissan preparam-se para o combate

Tamanho do texto Aa Aa

A Toyota apresentou o que pretende ser uma arma contra os defeitos de fabrico, mas para outros será apenas uma manobra de marketing.

A viver uma das maiores crises de sempre por causa da mega-operação de recolha, a marca japonesa apresentou agora um painel de peritos que vai supervisionar a qualidade dos produtos.

O comité, de 50 pessoas, é liderado pelo presidente do grupo, Akio Toyoda: “Percebi que os nossos produtos são as nossas vidas e assim, ao garantir a qualidade desses produtos, sobretudo no que toca à segurança, estamos a assegurar a continuidade dessas vidas”, disse o homem-forte do grupo.

Ao todo, a Toyota, que ocupa neste momento o lugar de maior construtora mundial, foi obrigada a recolher 8,5 milhões de carros, nos últimos meses, para corrigir vários problemas, depois de uma série de acidentes mortais – um grande golpe para a imagem da empresa.

Também no Japão, a Nissan aposta na ecologia, ao lançar um carro 100% eléctrico, o Leaf.

“A Nissan está apostada em tornar-se líder mundial na produção de carros eléctricos e vamos fazer tudo ao nosso alcance para atingir esse objectivo com o nosso parceiro de aliança, a Renault”, explicou Toshiyuki Shiga, director de operações da marca.

A Nissan decidiu lançar o Leaf no mercado japonês mais barato que o carro eléctrico lançado agora pela Mitsubishi, mas no entanto bastante mais caro que o Prius, da Toyota, que mistura combustível e electricidade.