Última hora

Última hora

FARC libertam militar sequestrado há 12 anos

Em leitura:

FARC libertam militar sequestrado há 12 anos

Tamanho do texto Aa Aa

A guerrilha das FARC tenta relançar as discussões com o governo colombiano, com a libertação do mais antigo refém do grupo armado.

Após 12 anos de cativeiro na selva amazónica, o cabo Pablo Moncayo, aterrou na cidade colombiana de Florencia.

O militar tinha sido entregue a uma delegação da Cruz Vermelha, sendo a segunda e última libertação efectuada unilateralmente pela guerrilha.

“Eu sei que alguns especialistas dizem que se sai de 12 anos de cativeiro com o síndroma de Estocolmo. Mas posso garantir que nunca despi o meu uniforme de soldado e tudo isto por amor para com o povo colombiano”, afirmou Pablo Moncayo.

A guerrilha das FARC mantém ainda sequestradas centenas de pessoas, entre os quais 21 militares e polícias.

As recentes libertações de reféns são vistas como um novo esforço do grupo para negociar a liberdade de centenas de guerrilheiros detidos.

O presidente colombiano mostrou-se aberto a discutir, mas Alvaro Uribe recusa-se até hoje a fazer qualquer concessão enquanto a guerrilha não entregue as armas.

O conflito, que dura há mais de 40 anos, deverá voltar a dominar as eleições presidenciais de Maio. Num comunicado, a guerrilha exige um gesto de Uribe antes do final do seu mandato, em Agosto.