Última hora

Última hora

Sérvia pede perdão por massacre de Srebrenica

Em leitura:

Sérvia pede perdão por massacre de Srebrenica

Tamanho do texto Aa Aa

O genocídio de Srebrenica, cometido em 1995, foi ontem condenado de forma enérgica pelo parlamento sérvio, através de uma declaração. O debate no hemiciclo foi igualmente enérgico e durou doze horas.

O homicídio de bósnios muçulmanos na cidade sérvia foi o principal ponto da declaração, que condenou também “todos os processos sociais e políticos que levaram a pensar que os objectivos nacionais podem ser alcançados pelo uso da força armada e da violência física contra membros de outros povos e religiões.”

Um documento altamente simbólico, mas que não usou a palavra“genocídio” para classificar o que ocorreu. Mesmo assim, a votação provocou uma pequena manifestação à porta do parlamento durante a sessão plenária. Vários sérvios contra o pedido de desculpas formal às famílias das vítimas de Srebrenica mostraram-se contra a iniciativa.

Recorde-se que o massacre de cerca de oito mil homens e rapazes aconteceu em Julho de 95, sob o olhar passivo dos capacetes azuis da Holanda, estacionados na cidade.