Última hora

Última hora

Áustria enfrenta escândalo de abusos na Igreja

Em leitura:

Áustria enfrenta escândalo de abusos na Igreja

Tamanho do texto Aa Aa

Waltraud Klasnic é a personalidade independente que vai investigar as queixas de abusos sexuais na Igreja Católica austríaca.

A antiga governadora foi nomeada pelo arcebispo de Viena.

Na primeira declaração pública desde que foi nomeada Plasnic mostrou-se firme:

“Enquanto advogada responsável pela protecção das vítimas reivindico o direito de dizer o que penso e tudo o que discuti e preparei com os meus colaboradores”.

Entre os membros da igreja católica austríaca há quem pense que é preciso assumir responsabilidades.

É o caso do cardeal Christophe Schoenborn, próximo de Bento XVI. Ontem, durante a missa, e diante de três mil pessoas, Schoenborn abordou o tema dos abusos sexuais.

“Confessamos que não quisemos ver a verdade. Quisemos guardar segredo e usámos uma falsa testemunha para que alguns de nós continuassem a mentir e a cometer crimes”.

Mas o Vaticano continua a defender a sua reputação. Os advogados da igreja acusam o New York Times de “parcialidade” na cobertura dos alegados abusos na Igreja Católica norte-americana.