Última hora

Em leitura:

Páscoa ensombrada por escândalos


Austrália

Páscoa ensombrada por escândalos

Contra os abusos sexuais a menores por parte de membros da Igreja Católica, um artista austríaco escolheu uma forma de protesto original. Simulou a crucificação de Cristo, em plena Sexta-feira Santa.

Emmerich Weissenberger fez esta representação a 20 metros de altura, à porta da Catedral de Santo Estêvão, em Viena.

O abuso sexual de menores é mesmo o tema mais falado, esta Páscoa. O chefe da Igreja Católica alemã, o arcebispo Robert Zollitsch, aproveitou a sexta-feira santa para emitir um comunicado, onde reconhece que, no passado, a Igreja cometeu um erro ao não ajudar, como devia, os jovens vítimas destes abusos.

A Igreja Católica alemã pôs em funcionamento uma linha telefónica de ajuda às vítimas de abuso, à semelhança do que tinha já acontecido em países como Irlanda, Áustria e Holanda.

A França também não escapa à onda de escândalos. Em Rouen, no Norte do país, um padre foi constituído arguído por crimes de pedofilia praticados no início dos anos 90. O padre Jacques Gaimard, sobre quem recaem as acusações, é director da delegação da Normandia da Rádio Cristã de França.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Três soldados alemães mortos em combates contra talibãs