Última hora

Última hora

ISAF lamentam morte de soldados afegãos

Em leitura:

ISAF lamentam morte de soldados afegãos

Tamanho do texto Aa Aa

Seis soldados afegãos morreram em confrontos com as tropas alemãs estacionadas no norte do Afeganistão, ontem à noite.

O ataque aconteceu na província de Kunduz, na região norte do país.

As Forças do Exército alemão falam em acidente.

O certo é o que o episódio aconteceu no mesmo dia em que três soldados das Bundeswher morreram e outros sete ficaram gravemente feridos em combates com os talibã.

A Força Internacional de Assistência para Segurança, ISAF, apressou-se a pedir desculpas.

“Lamentamos a perda trágica de vidas humanas. Vamos investigar ate às últimas consequências e vamos lutar para melhorar as nossas tácticas, técnicas e procedimentos”, diz Eric Tremblay, porta-voz da ISAF.

Com mais de quatro mil militares no Afeganistão, a Alemanha é o terceiro maior contingente da ISAF, sob o comando da NATO.

A 4 de Setembro de 2009, o exército alemão já tinha sido motivo de críticas, depois do polémico ataque a alvos talibã.

O bombardeamento custou a vida a 142 pessoas, grande parte civis.