Última hora

Última hora

Pacifistas exigem retirada das tropas alemãs do Afeganistão

Em leitura:

Pacifistas exigem retirada das tropas alemãs do Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois da morte de seis soldados afegãos, vítimas de um erro do exército alemão, centenas de pacifistas marcharam hoje nas ruas de várias cidades alemãs para pedir a retirada das tropas do Afeganistão.

Em Munique, por exemplo, manifestantes com máscaras transportavam cartazes a denunciar a morte de civis afegãos.

Walter Listl, líder comunista da Baviera, defende que “a Alemanha não tem nada a fazer no Afeganistão”, acrescentando que não se trata de uma “guerra contra o terror mas de uma guerra contra a população civil e isso provoca o terror”.

A marcha pela Paz começou há 50 anos e acontece na época da Páscoa. Na altura, protestava-se contra as armas nucleares. Em 2010, diz-se não à guerra no Afeganistão.