Última hora

Última hora

Al-Qaeda alegada autora do massacre sunita

Em leitura:

Al-Qaeda alegada autora do massacre sunita

Tamanho do texto Aa Aa

A Al-Qaeda está por detrás do massacre sunita.

Esta é pelo menos a convicção das autoridades iraquianas que falam de uma acção de represália.

Esta sexta-feira, um grupo de homens armados tomou de assalto três casas numa aldeia situada a sul de Bagdad e matou 25 pessoas.

Um iraquiano diz ninguém pode aceitar este tipo de coisas.

A maioria das vítimas pertencia ao movimento Filhos do Iraque. Um grupo que no final de 2006 se juntou às forças internacionais e iraquianas na luta contra a rede terrorista de Osama Bin Laden.

Antes de serem abatidos a tiro, os 20 homens e as cinco mulheres terão sido, segundo a polícia, torturados.

Sete civis foram, ainda, encontrados feridos e algemados.

Os sunitas estão indignados e apontam o dedo ao governo. Acusam as autoridades de não os terem protegido e pedem justiça.

De acordo com fontes policiais, o ataque terá sido levado a cabo por cerca de 15 homens, que envergavam uniformes e conduziam veículos idênticos aos do exército.

Até ao momento foram detidas cerca de duas dezenas de pessoas.