Última hora

Última hora

Partido de Evo Morales perde terreno nas eleições locais e regionais

Em leitura:

Partido de Evo Morales perde terreno nas eleições locais e regionais

Tamanho do texto Aa Aa

A mensagem do presidente boliviano não mobiliza o eleitorado das grandes cidades do país. Apenas três das dez capitais de departamento deram a vitória ao Movimento para o Socialismo (MAS) de Evo Morales nas eleições regionais e locais de Domingo.

Segundo os dados provisórios, o MAS sai vitorioso do escrutínio, mas com um ligeiro recuo face ao resultado das legislativas de Dezembro, arrebatando cinco das nove regiões do país.

Para um analista, “o governo perdeu em mais de metade das capitais de departamento. Mas, mais importante ainda, o apoio a Morales tem vindo a diminuir no Oeste da Bolívia que constitui um dos principais bastiões do partido do presidente”.

Uma vitória com muitas interrogações que levou o partido de Morales a admitir já erros na campanha que levaram à perda do eleitorado urbano.

À ameaça da oposição conservadora, que controla as sete cidades mais importantes do país e as três regiões mais ricas, soma-se agora a progressão do Movimento Sem Medo (MSM), do presidente da câmara de La Paz, que conta com um apoio crescente do eleitorado de esquerda nas regiões urbanas.