Última hora

Última hora

Moscovo e Varsóvia tentam melhorar relações

Em leitura:

Moscovo e Varsóvia tentam melhorar relações

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro russo convidou o seu homólogo polaco para participar hoje na cerimónia de homenagem aos mais de 20 mil polacos assassinados em Katyn pela polícia secreta soviética em 1940.

Esta é a primeira vez que um dirigente russo convida líderes do país vizinho para este tipo de evento. Katyn é um tema extremamente sensível nas relações entre Rússia e Polónia.

Em Abril de 1940, agentes da polícia política soviética assassinaram, na localidade de Katyn, mais de quatro mil prisioneiros de guerra polacos.

Nesse mês e no seguinte, foram assassinados mais de 20 mil polacos.

A Alemanha nazi, depois de ocupar esse território soviético durante a Segunda Guerra mundial (1939-1945), tornou pública a autoria soviética do massacre.