Última hora

Última hora

OCDE prevê abrandamento na Europa

Em leitura:

OCDE prevê abrandamento na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

A retoma económica está a baixar de ritmo, nas economias mais desenvolvidas, segundo o último relatório publicado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).
 
A OCDE estima que as maiores economias europeias vão ter, nos primeiros trimestres de 2010, um crescimento abaixo do dos últimos meses de 2009. Um crescimento que, no caso da Alemanha, deve mesmo ser negativo no primeiro trimestre do ano, para depois recuperar no segundo.
 
Das economias europeias do G7, a França e o Reino Unido foram aquelas com maior crescimento, nos primeiros três meses do ano, ambas acima dos 2%.
  
O chefe economista da Organização, Pier Carlo Padoan, diz que a Alemanha tem de se esforçar mais na liberalização do sector dos serviços, para poder atrair mais investimento.
 
Segundo a OCDE, a inflação da Zona Euro e do Reino Unido vai continuar fraca, por causa da retoma que tarda em chegar em força.