Última hora

Última hora

Mais de 150 mortos em enxurradas no Brasil

Em leitura:

Mais de 150 mortos em enxurradas no Brasil

Tamanho do texto Aa Aa

São já mais de 150 as vítimas mortais das enxurradas no estado do Rio de Janeiro, confirmadas pelas autoridades brasileiras.

Mas o balanço pode elevar-se rapidamente, já que o último deslizamento de terras – que ocorreu durante a noite em Niterói – terá deixado 200 pessoas soterradas.

O facto do bairro do Morro do Bumba ter sido construído de forma caótica sobre uma antiga lixeira, que se traduz por um terreno instável com mau escoamento de águas, aumentou a dimensão da tragédia.

A maior parte dos cerca de 180 deslizamentos de terra provocados pelas chuvas que assolam a região desde segunda-feira concentraram-se na área de Niterói.

Segundo as autoridades, cerca de 10 mil casas correm o risco de ruir, sobretudo em favelas onde reside cerca de um quinto da população do Rio de Janeiro.

A falta de registo sobre o número de casas construídas nas zonas de risco e dos respectivos ocupantes dificultam os números oficiais.

Segundo fontes distintas, o número de desalojados varia entre 3000 e mais de 15 mil.

O alerta mantém-se pelo menos até ao fim-de-semana, com a previsão de chuvas para os próximos dias.