Última hora

Última hora

Duzentos soterrados no Rio de Janeiro

Em leitura:

Duzentos soterrados no Rio de Janeiro

Tamanho do texto Aa Aa

As contas da tragédia no Rio de Janeiro ainda não estão fechadas – há 200 pessoas debaixo das camadas de lama, em Niteroi, nos arredores da cidade maravilhosa.

Os socorristas continuam a tentar resgatar corpos, já sem grande esperança de encontrar sobreviventes.

Para já, estão contados 171 mortos, mas o número vai ainda subir bastante.

Os moradores de uma favela de Niteroi garantem que há mais de 200 pessoas debaixo das lamas, depois da enxurrada da madrugada de quinta-feira.

Niteroi é uma cidade satélite do Rio de Janeiro, com grande densidade de construções ilegais e sem segurança.

O Governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, admite que, neste momento, haja mais de 10 mil casas em risco de ruir.

Confessou ainda que está “impressionado com as proporções da tragédia”, qualquer coisa que considera “inacreditável”.

As escavadoras tentam agora remover terras, para facilitar o acesso aos soterrados. Um trabalho que requer muito cuidado, para não ampliar a dimensão do drama.

Há famílias inteiras debaixo da terra.