Última hora

Última hora

Rúsia congela adopção de crianças por americanos

Em leitura:

Rúsia congela adopção de crianças por americanos

Tamanho do texto Aa Aa

A adopção de crianças russas por famílias americanas foi suspensa, depois do incidente que teve como protagonista o pequeno Artion, de sete anos.

Um caso ainda envolto em mistério. Artion Saveliev foi adoptado por uma família americana, que o rebatizou de Justin Artyon Hansen.

As coisas não correrem bem e o miúdo chegou ao aeroporto de Moscovo sozinho, com uma carta no bolso. Na epístola, a família amrericana renuncia à adopção.

Depois disto, o chefe da diplomacia de Moscovo, Serguei Lavrov diz que as adopções estão congeladas:

“A forma como estamos a tratar o assunto, está para lá do bem e do mal. Chegámos a um entendimento e o Ministério dos Negócios Estrangeiros está determinado a congelar todas as adopções de crianças russas, por famílias americanas, até a Rússia e os Estados Unidos alcançarem um acordo”.

A mãe adoptiva assina a carta de rejeição, acussando o miúdo de violência. Diz ainda que ele sofre de problemas psicóticos graves.

As autoridades dos dois países estão agora a analisar o caso. A devolução da criança pode ser considerada um crime.