Última hora

Última hora

Polacos choram morte de altos responsáveis do país

Em leitura:

Polacos choram morte de altos responsáveis do país

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de polacos reuniram-se durante a noite para uma vigília em frente ao palácio presidencial em Varsóvia.

O presidente Lech Kaczinsky e a comitiva de quase cem pessoas que o acompanhava morreram ontem num acidente de avião.

A Polónia decretou uma semana de luto nacional.

A população está chocada com a dimensão da tragédia. Há quem procure um sentido ou uma mensagem por trás dos acontecimentos:

“A Polónia será certamente um país diferente.
Mais rico em experiências, mais atento ao que é importante. Gostaria que as pessoas aprendessem algo com o que se passou, todas as pessoas e não só os políticos”, afirmou um polaco.

“Ainda estou chocada, não sei o que pensar, é uma perda enorme e repentina”, disse uma mulher.
“É terrível que as pessoas mais importantes, a elite da Polónia tenha morrido”, desabafa uma polaca.

O avião presidencial transportava 96 pessoas, entre elas, a primeira-dama polaca, o chefe do Estado maior das Forças Armadas e o presidente do banco central da Polónia.

O avião caiu perto de Smolensk, no oeste da Rússia. A comitiva polaca devia participar numa homenagem aos militares assassinados pelo regime de Estaline.