Última hora

Última hora

Chineses compram 9% da canadiana Syncrude

Em leitura:

Chineses compram 9% da canadiana Syncrude

Tamanho do texto Aa Aa

A Sinopec, filial interrnacional da China Petrochemical, acaba de comprar 9% da companhia canadiana Syncrude por mais de 4,6 mil milhões de dólares.

Este valor, segundo os analistas, é mais do dobro do valor real desta fatia e ilustra o apetite voraz que a China tem de encontrar recursos petrolíferos fora do país. O país é o segundo maior consumidor mundial de petróleo e está cada vez mais dependente das importações.

A Syncrude explora petróleo nos terrenos arenosos do Estado de Alberta, no Canadá. Graças a estas areias ricas em crude, o Canadá tem as segundas maiores reservas mundiais de petróleo, logo depois da Arábia Saudita. Estas reservas rondam os 175 mil milhões de barris. O Canadá está à frente de outros países ricos em petróleo, como o Irão e o Iraque.

A China Petrochemical é a segunda maior produtora chinesa de petróleo, e número um do país em termos de refinaria. Esta é a mais recente de uma série de aquisições, por parte dos gigantes chineses deste sector, destinadas a aumentar a presença chinesa no mercado mundial da exploração de petróleo.

No ano passado, as empresas chinesas compraram 32 mil milhões de dólares em activos nos sectores da energia e da exploração mineira.