Última hora

Última hora

Polónia: Morte do presidente Kaczynski obriga a eleições antecipadas

Em leitura:

Polónia: Morte do presidente Kaczynski obriga a eleições antecipadas

Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia prepara as cerimónias fúnebres do chefe de Estado e de numerosos membros da sua elite.

O corpo do presidente Lech Kaczynski foi colocado em câmara ardente e vai a enterrar no próximo sábado.

O acidente aéreo que vitimou o Presidente, Lech Kaczynski, e outras 84 pessoas da sua comitiva deixou vazia a cadeira do cargo mais alto da nação e vai obrigar à eleição de um chefe de Estado de três senadores e 15 deputados.

Há já quem pense que o irmão gémeo do defunto presidente, Jaroslaw Kaczynskiac possa ser o candidado às eleições que devem ser anunciadas nas próximas duas semanas.
O analista Radoslaw Markovski comenta: “Existem duas possibilidade, a primeira pode ser a sua candidatura à presidência, coisa que seria certamente apoida pelo seu partido. A segunda a sua retirada da vida política, o que me parece pouco provável. Ou talvez o seu partido procure um novo candidato que não deverá ter muitos adeptos”.

Estas mortes são um enorme golpe à elite política e militar da Polónia mas o acidente não representa uma ameaça à estabilidade no país.
Embora o presidente tenha direito de veto é o executivo, liderado pelo primeiro-ministro Donald Tusk, que decide a política governativa.