Última hora

Última hora

Tripulação do avião presidencial polaco não obdeceu às ordens

Em leitura:

Tripulação do avião presidencial polaco não obdeceu às ordens

Tamanho do texto Aa Aa

Quem o diz é o chefe dos controladores aéreos – a tripulação do avião presidencial polaco não obedeceu às ordens da torre de controle.

Estará aqui a primeira explicação técnica para a tragédia de sábado.

Mas Anatoli Mouraviev diz ainda que a tripulação recusou informações que lhe foram pedidas sobre a altitude a que estava a voar, um dado fundamental.

O primeiro-ministro Vladimir Putin, promete apurar todos os factos: “Este trabalho está a ser coordenado, de forma a que as condições de tudo o que aconteceu sejam investigadas com o objectivo principal de dar a conhecer, aos nossos dois países, toda a verdade”.

A identificação dos corpos por familiares prossegue, em Moscovo, no mesmo dia em que o responsável pela torre de controle do aeródromo de Smolensk garante que antes do Topolev polaco, já um outro avião tinha sido redireccionado, por falta de condições climáticas para aterrar.

As manobras de aterragem começaram nem autorização, disse Mouraviev.

Espera-se agora que as caixas negras confirmem ou desmintam esta versão, de um acidente que deixou dois países de luto.