Última hora

A Intel deu alguma esperança ao sector tecnológico, ao publicar resultados muito acima das previsões.

No primeiro trimestre deste ano, o volume de negócios do número um mundial dos micro-processadores cresceu 44%.

O grupo prevê para este ano uma forte retoma do sector, depois de um 2009 marcado pela crise.

As notícias causaram uma subida nas acções da Intel e das principais concorrentes.