Última hora

Última hora

Bakiev assina carta de demissão

Em leitura:

Bakiev assina carta de demissão

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente deposto do Quirguistão, Kourmanbek Bakiev, deixou esta quinta-feira o reduto em Djalal-Abad, no sul do país, e seguiu para o Cazaquistão após resignar ao cargo.

Antes da decisão, o ex-presidente ainda tentou dirigir-se aos cerca de dois mil apoiantes reunidos em Och. O acto ficou comprometido pela acção de vários opositores.

A tensão aumentou e foram disparados vários tiros para o ar que geraram o pânico na rua. Bakiev ainda tentou demover os seus defensores de fugirem mas sem sucesso.

Inconformados, dezenas de apoiantes de Bakiev, marcharam pelas ruas para tentar tomar a televisão local mas foram impedidos pelas forças de segurança. O grupo disse que só tinham um objectivo, conseguir pôr o ex-presidente no ar.

Testemunhas viram depois o ex-chefe de Estado deixar o centro da cidade de Och, acompanhado pelos seguranças.

Na última semana, no Quirguistão, os confrontos entre as forças da ordem e manifestantes da oposição provocaram 84 mortos.