Última hora

Última hora

França vence Espanha, na disputa por Dali

Em leitura:

França vence Espanha, na disputa por Dali

Tamanho do texto Aa Aa

Pode parecer mais uma excentridade de Salvador Dali – mas é um diferendo estre as justiças francesa e espanhola, agora com decisão da Justiça europeia.

A França tem razão, dizem os juizes do Luxemburgo.

Salvadior Dali legou, em testamento, todos os seus direitos sobreviventes, ao Estado espanhol, através da adminiiistração da Fundação Gala-Salvador Dali.

Os herdeiros naturais, num momento de aflição financeira, venderam obras do pintor catalão, em França, operação contestada pelo Estado Espanhol.

Numa primeira instância, o caso foi julgado pela justiça francesa que deu razão aos herdeiros. De acordo com a legislação francesa, os direitos de sucessão não podem ser transmitidos por testamento.

Espanha recorreu para a justiça europeia que agora proferiu o veredicto. A lei francesa está de acordo com a europeia. Logo, o testamento de Dali é nulo, ao rdirecionar para o Estado, direitos dos seus herdeiros naturais.