Última hora

Última hora

Grécia adia decisão de utilizar ajudas

Em leitura:

Grécia adia decisão de utilizar ajudas

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia não quer utilizar, para já, a ajuda que foi proposta pelos parceiros da Zona Euro.

O país quer apenas mais esclarecimentos sobre como vai funcionar o mecanismo de ajuda. Por isso o governo de Atenas pediu ontem reuniões com responsáveis da União europeia, do BCE e do FMI. Os esclarecimentos vêm do grupo de ministros da Economia e finanças da Zona Euro, reunido hoje em Madrid.

“Chegámos a acordo sobre a necessidade de pôr em funcionamento um mecanismo permanente de crise. Atenção, é um mecanismo permantente de crise, não é um mecanismo de crise permanente. Isto porque detectámos falhas no nosso sistema de vigilância e no arsenal de reacção”, explica o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker.

A ministra espanhola das Finanças Elena Salgado, que preside ao conselho de ministros dos Vinte e Sete, já elogiou os passos dados pela Grécia. Disse que as primeiras medidas tomadas por Atenas são as correctas, mas tem que decidir se quer ou não continuar.