Última hora

Última hora

Igreja tenta acalmar polémica sobre local onde Kaczynski será enterrado

Em leitura:

Igreja tenta acalmar polémica sobre local onde Kaczynski será enterrado

Tamanho do texto Aa Aa

A Igreja Católica polaca tenta atenuar a polémica gerada pelo local escolhido para enterrar o presidente Lech Kaczynski.

Milhares de polacos continuam a homenagear, no palácio presidencial, o chefe de Estado falecido no acidente aéreo do passado sábado.

Mas a decisão de enterrar no próximo domingo Kaczynski e a esposa na catedral de Wawel, em Cracóvia, ao lado de reis e grandes nomes da nação, é vista por uma grande parte da população como uma honra injustificada.

As manifestações de protesto acabaram com a unidade que dominava o país desde a tragédia que fez 94 mortos, entre os quais grande parte da elite política e militar do país.

Esta quinta-feira foram repatriados os restos mortais de outras 34 vítimas.

As investigações continuam a apontar para um erro de pilotagem, mas as razões ainda estão por explicar. Os investigadores afirmam agora que “a tripulação teve consciência da iminência de uma catástrofe inevitável”, que o piloto não foi forçado a aterrar por ordens de um superior e que apenas foi feita uma tentativa de aproximação à pista.